Pesto a Genovese caseiro (Pesto alla Genovese casalingo)


O pesto é um molho tradicional da cozinha da Ligúria, a primeira receita oficial foi inventada nos anos 800 e ate hoje nunca foi mudada, salvo os utensílios usados que com o decorrer dos anos foram modernizados.

Antigamente se usava o mortaio de mármore (pilão) para socar o pesto, hoje quem não tem o mortaio em casa e nem paciência para socar o pesto, podem tranquilamente utilizar o liquidificador para preparar esse molho tao gostoso e conhecido em todo o mundo.


Esse molho é frio, por essa razão eles utilizavam o pilão de mármore no seu preparo e se for feito no liquidificador é preciso ligar e desligar varias vezes o liquidificador para não esquentar o molho, porque senão ele fica amargo.


E’ aconselhavel  levar o copo do liquidificador a geladeira por pelo menos 1 ora antes de começar a preparação do pesto.


Como em todas as receitas tradicionais, cada família tem o seu jeito de fazer, essa que vamos ver aqui é a receita oficial do Consorzio del pesto genovese.


A receita oficial é feita no mortaio de mármore, mais eu faço no liquidificador, acredito que a maioria das pessoas assim como eu, por questão de praticidade preferem fazer no liquidificador.


Quem quiser fazer o pesto no mortaio fiquem a vontade, é só dar uma olhada no video abaixo que ensina a fazer a mesma receita, só que no mortaio.



Ingredientes para 600 gramas de macarrão
50 g de folhas de manjericão
1/2 copo de azeite de oliva extra virgem
6 colheres (sopa) de parmigiano reggiano ralado ou grana padano
2 colheres (sopa) de pecorino ralado
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de pinoli
Castanhas de caju moida (facultativo, em substituiçao dos pinoles)
Uma pitada de sal grosso

Modo de preparo
Separar as folhas do caule e usar só as folhas. Lavar, deixar escorrer bem a agua e secar com um pano delicadamente ou deixar terminar de secar em temperatura ambiente.

Primeiro comece batendo o alho com o pinoli, o queijo ralado e a metade do óleo, bata bem ate formar um creme, junte o manjericão, uma pitada de sal grosso e o restante do óleo e continue a bater aos poucos com a velocidade baixa.


Se não for usar o molho no mesmo momento que fez, transfira o molho em um pote de vidro e coloque por cima do pesto azeite e tampe o recipiente.


O pesto pode conservar  na geladeira por mais ou menos 10 dias, é preciso lembrar que toda vez que usar o pesto e sobrar, de por azeite por cima para continuar a sua conservação.


Se quiser pode congelar também, podendo usar a forma de gelo para fazer pequenas porcões, depois é só descongelar no momento de usar.


Dicas da Wal:  terminar de fazer o pesto o mais rápido possível e para manter a sua cor bem verde colocar o sal junto com as folhas na hora de bater, desse modo se oxida menos.


Obs: esse molho em Liguria vem servido com troffie fresca, trenete, o troffiette.

Mas também fica gostoso com nhoque de batata, lasanha nesse caso, fazer estrato de pesto, alternar com molho branco bem liquido, mozzarella e parmigiano ralado.

O pesto também serve para temperar outros tipos de pratos que não sejam massas, por exemplo, dar sabor as sopas de verduras, ao peixe no forno, ao molho de tomate e etc…


Veja também:

molho de coelho

molho de polvo e lula

molho a bolonhesa

You may also like...

Deixar uma resposta

error: Content is protected !!
%d bloggers like this: